EconomiaNotícias

TETO DO SEGURO-DESEMPREGO É REAJUSTADO E SOBE PARA R$ 2.106,08 EM 2022

FOTO: Banco de Imagens

A partir dessa semana o trabalhador demitido sem justa causa está recebendo um valor maior de seguro-desemprego. A tabela das faixas salariais usadas para calcular o valor da parcela seguiu o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de 2021 e foi reajustada em 10,16%.

Com a correção, o valor máximo do seguro-desemprego subirá de R$ 1.911,84 para R$ 2.106,08, diferença de R$ 194,24. O piso segue a variação do salário mínimo e aumenta de R$ 1,1 mil para R$ 1.212.

Os novos valores estão sendo pagos para as parcelas emitidas para saque desde ontem (11) e vale tanto para quem recebe o seguro-desemprego como para quem ainda dará entrada no pedido.

A parcela do seguro-desemprego é calculada com base na média das três últimas remunerações do trabalhador antes da demissão. Após a correção das faixas salariais, o benefício será definido da seguinte forma.      

Para salários de até R$ 1.858,17 o valor a ser recebido é de 80% do salário médio ou salário mínimo, prevalecendo o maior valor; 

Já para quem recebia entre R$ 1.858,18 até R$ 3.097,26 o valor do seguro fica a partir de 50% sobre o que ultrapassar R$ 1.858,17, mais valor fixo de R$ 1.486,53; 

Já para aqueles que recebiam acima de R$ 3.097,26 a parcela é de R$2.106,08.

Com as informações: Agência Brasil 

Qual a sua reação?

Animado(a)
0
Feliz
0
Apaixonado(a)
0
Não tenho certeza
0
Bobo(a)
0

Deixe o seu comentário

Mais em:Economia