Notícias

EM COLETIVA MARCADA POR DESENTENDIMENTOS E ATÉ AGRESSÕES, PREFEITO FALA SOBRE SITUAÇÃO DO TRANSPORTE PÚBLICO EM SJDR

Na manhã desta terça-feira (11), o Prefeito Nivaldo de Andrade concedeu uma entrevista coletiva, na garagem da Viação Presidente, para esclarecer o posicionamento da administração municipal sobre a suspensão do transporte público no município. Na ocasião, também estiveram presentes os funcionários e o proprietário da Viação Presidente, Roberto José de Oliveira Silva, além de líderes sindicais e vereadores de São João del-Rei. O encontro foi marcado por clima tenso, discussões e até mesmo agressões.
A circulação do transporte público no município está suspensa desde a última sexta-feira (07), devido ao atraso de três meses no pagamento dos salários de cerca de 186 funcionários da Viação Presidente. Em coletiva, o Prefeito Nivaldo de Andrade informou que abrirá uma nova licitação em junho para contratar outra empresa de transporte público, processo do qual a Viação Presidente não poderá participar em razão da ausência da documentação necessária.
Ainda de acordo com Nivaldo, a Prefeitura não pode arcar com os salários atrasados dos funcionários. Essa responsabilidade cabe apenas à Viação Presidente. Em resposta, o proprietário da empresa, Roberto José de Oliveira Silva, disse que, atualmente, não possui o quantitativo necessário para quitar a dívida com os funcionários. “Têm semanas em que o faturamento não paga nem o óleo diesel. Não é culpa da cidade, é culpa da pandemia”, declarou.
Segundo o Analista Financeiro da Presidente, Jobson Santos Costa, que também estava presente na coletiva, a empresa não possui as condições necessárias para pedir um empréstimo aos bancos, pois o faturamento da empresa diminuiu. “A gente saiu de um faturamento de cerca de R$ 1,4 milhão por mês para R$ 300 mil. Só que na manutenção, a gente gasta R$ 200 mil. O que sobra é para manter um pouco do pagamento, que vem sendo depositado aos poucos, e continuar com a empresa aberta”, argumentou, afirmando ainda que a solução encontrada pela empresa foi entrar em um consórcio para levantar o montante necessário para saldar as dívidas, mas ainda sem uma data exata para repassar os salários aos funcionários.
A medida gerou um descontentamento entre os trabalhadores presentes, que já estão há mais de três meses sem previsão de pagamento. De acordo com o Lanterneiro e Diretor do Sindicato dos Transportes Rodoviários, Alexandre Paiva, esta foi a primeira vez em que a Viação Presidente se manifestou sobre a situação. “A empresa nunca tentou contato com os funcionários para justificar a ausência dos pagamentos, apenas estipulou datas inexistentes. Só conversas paralelas, a posição mesmo ninguém dá”, explicou Alexandre.
A previsão é de que a paralisação continue até que todos os salários sejam pagos. Atualmente, alguns funcionários também estão ocupando o pátio da garagem da Viação Presidente para impedir que haja a depredação dos ônibus ou que eles sejam retirados pela empresa.
Nos últimos minutos da coletiva de imprensa, desentendimentos e até tentativas de agressão surpreenderam quem estava presente. O entrevistador do portal de notícias “Pop News”, Gustavo Acácio, afirmou e confirmou em entrevista ao vivo ao Jornal das Dez, ter sido atacado por funcionários da Prefeitura Municipal e apoiadores do prefeito. “Pelo fato de ter exposto minha opinião, fui agredido fisicamente, eles me intimidaram. Os mais de 100 funcionários presentes presenciaram a situação. O que me leva a interpretar essa atitude é que há algo de errado”, disse Gustavo.
O metalúrgico Ednaldo Valter de Carvalho presenciou a situação e também concedeu entrevista ao Jornal das Dez. “Eu estava perto dele e fui testemunha que ele foi agredido pelo funcionário da prefeitura e vieram até para cima de mim”, relatou.Gustavo Acácio informou que registrou junto ao 38º Batalhão da Polícia Militar um Boletim de Ocorrência. Nossa equipe de Jornalismo entrou em contato com pessoas envolvidas nas agressões, mas não obteve resposta até o fechamento desta reportagem.

Qual a sua reação?

Animado(a)
0
Feliz
0
Apaixonado(a)
0
Não tenho certeza
0
Bobo(a)
0

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em:Notícias